Buscar
  • blanco

Luz do Leme




Venho observando esse contra-luz no Leme pela manhã tem algum tempo. Poucas vezes me encorajei a fotografar e hoje foi um dia que resolvi tentar.


O sol na orla de Copacabana nasce no mar, o que é bastante interessante e ao mesmo tempo difícil de lidar. Existem pontos certos para se obter uma leitura razoável do assunto, e a fotometragem tem que estar em dia na sua cabeça, pois normalmente os modos automáticos da câmera não lidam bem com tanto contraste.



No modo manual, vou fazendo pequenos ajustes com a mudança de luz, que pode se dar devido ao ângulo em que se fotografa o assunto, ou simplesmente com o subir do sol. Meu guia costuma ser mais o visor do que o próprio fotometro da câmera. Mas é bom ter cuidado já que o visor não te dá uma noção tão real da foto. Algumas vezes fiquei encantado quando olhei no visor e perdi o encanto assim que passei a imagem para o computador...uma tela maior, com mais cores e tonalidades.



O bom de chegar bem cedo na praia é que você vai se adaptando as diferentes luzes e entendendo mais a fotografia de cada horário. Hoje, um pouco antes das cinco, comecei com fotos em baixa velocidade, testando movimentos e borrões. Logo, a luz já não me permitia mais isso, foi quando comecei a explorar a intensidade e direção dela.





O mar: mais bonito do que bom, mas acho que ficou bem na foto.




49 visualizações
  • Black Instagram Icon
0